sábado, novembro 30, 2013

Estilo: Girlie



Olá meus lindos amores, como vocês estão? Vamos falar sobre o estilo Girlie today. Primeiro vejam a diferença neste post do Girlie e do Lady Like que é bem confundido hoje em dia, sendo que dá pra perceber que existe uma diferença. 

O estilo Girlie é uma espécie de adaptação do estilo Lady Like moderno. São peças bem femininas, que marcam a cintura, saias rodadas, roupas bem de menininhas com laços, babados e tudo o que tem direito, rsrsrs. 

Vamos conferir fotos, muitas fotos do estilo Girlie pra vocês se inspirarem:












E ai, o que acharam do estilo Girlie? Vocês gostam? Usariam?
Espero que tenham gostado do post, beijos e até a próxima <3



sexta-feira, novembro 29, 2013

Tendência: Franjas


Olá amores, como vocês estão? Vamos falar sobre franjas que estão bombando no momento.

As franjas são bem antigas, começou na década de 20 com o estilo folk, o estilo hippie e também foi usada bastante no estilo country, melindrosa mas hoje tudo mudou, as franjas são peças que devem ser adquiridas, usadas e abusadas já, porque elas voltaram e voltaram com tudo. 


As franjas estão super em alta, elas dão vida a roupas e além disso aparecem em várias peças, em shorts, blusas, vestidos, botas, bolsas, sapatos, são várias peças lindas com essas franjinhas que sempre encrementam os looks. Quando o assunto é roupa sempre prefiram as peças que compõem a silhueta, mas isso não é só com as franjas, acho que sempre temos que acompanhar a silhueta, sempre marcar os nossos lindos corpos, ui, fora que como as franjas são volumosas elas incrementam o corpinho, dá uma turbinada, mas também pode engordar, por isso fiquem atentas com a silhueta. 

Confiram looks que eu encontrei pelo LookBook.nu para vocês e escolhi os que eu achei mais bonitos e que eu usaria, se inspirem:










E ai, o que acharam das franjas? Vocês usariam?

Espero que tenham gostado, beijos e até próxima <3


quinta-feira, novembro 28, 2013

Estilo: Lady Like



Olá queridos, como vocês estão? Vamos falar sobre o estilo Lady Like que é bem confundido com o Girlie mas eles são diferentes e a diferença é é visível (vejam a diferença aqui).


O estilo Lady Like nasceu nos anos 40, nos anos 50, eu particularmente acho tão m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o, eu sempre quis usar ele mas acho que ainda não cheguei lá. O estilo foi muito usado pela digníssima Audrey Hepburn e a linda Marilyn e hoje ainda tem muitos nomes que usam e abusam como a Dita. 




O estilo é bem vintage (ui adoro), sempre com a cintura bem marcada, peças bem clássicas. É bem difícil encontrar alguém que realmente use o estilo Lady Like hoje, porque a adaptação dele pro moderno se torna Girlie e as pessoas acabam confundindo. 

Então, vamos conferir fotos de looks que eu procurei e encontrei pra vocês - minha parte favorita - e vocês podem reparar que eu preferi por postar mais fotos preto e brancas pra mostrar que o estilo é vintage, é antigo, é clássico, claro que ainda é usado hoje mas acho que as fotos preto e brancas retratam mais o estilo, vamos lá: 









Bom, o que acham do estilo Lady Like? Vocês usariam?

Espero que tenham gostado, beijos <3




Decoração: Patchwork




Oi queridos, como vocês estão? Primeiro eu tenho que pedir desculpas pelo meu sumiço, eu prometo dessa vez não fazer isso novamente, pelo menos não por tanto tempo, mas enfim, vamos ao post. 

Patchwork é um trabalho feito de retalhos, é uma técnica que une tecidos com uma infinidade de cores, estampas e formatos variados. 
Quando eu pensava em Patchwork antigamente, lembrava de colchas que ficavam guardadinhas no fundo do guarda-roupa da vovó, mas hoje quando me dizem sobre o mesmo eu já penso em tantas outras coisas como roupas, paredes, móveis, decoração mas o que eu sempre achei mais lindo de todos são na DECORAÇÃO, fica tudo. 

Vejam algumas imagens de Patchwork em móveis e em paredes que é o que particularmente eu acho mais lindo e se inspirem:






 







Espero que tenham gostado, até a próxima, beijos. <3





segunda-feira, novembro 18, 2013

Entrevista: Liz Albuquerque



E ai galera, como vocês estão? Sejam bem vindos a entrevista com a linda da Liz Albuquerque que é dona do blog The Red Lil' Shoes que é um blog que eu super recomendo e adoro acompanhar. Então, vamos lá. 




Liz Albuquerque tem 25 anos e é historiadora, maquiadora e cabeleireira profissional, mora em São paulo e é uma pessoa super fofa e gentil, e eu agradeço muito por ela ter dado essa entrevista para o CM!


Como define seu estilo? 

 - Acho que “meu” é a melhor definição que consigo pensar. Já disseram que meu estilo era “Bold but Flowy”, já apontaram como ele é alternativo... Mas acho que o que mais me define, e cada vez mais, é que tento me vestir como me sinto, será que faz sentido? Depende do meu humor, do que tenho lido, dos looks que tenho visto por aí, das minhas inspirações. E acho que estilo é algo em constante construção, em constante mudança, e conforme a gente vai se conhecendo melhor e se divertindo mais com a moda, cada vez ele vai ficando mais “seu”, ou melhor, “meu”. Será que me expliquei bem? rs 

Quais peças não podem faltar no seu guarda-roupa? 
- Acho que, ultimamente, o que mais tenho usado são os shorts de cintura alta, com aquele corte de hot pants, que adoro demais! Uso sempre as hellbounds e as litas também, e tenho vestido bastante a calça Revel, que é o lançamento da Levi’s, e que veste super bem! 







 Em quais lojas costuma comprar roupas? 
 - Compro sempre pela internet: adoro a Romwe, a OASAP, a Chicwish, enfim, lojas todas com um preço legal e que tem coisinhas sempre diferentes e estilosas. É super difícil que eu saia e compre numa loja de shopping, por exemplo, primeiro porque, gente, sou blogueira e historiadora, e din din não cai do céu: gosto de peças baratas e bonitas!! E acho que roupas, sapatos e acessórios, em geral, são bem caros por aqui. Depois porque é muito difícil achar coisas que me sirvam aqui no Brasil: sou super pequeninha e tenho muita cintura, então tudo fica grande e esquisito... E o legal das lojas online, além dos preços, que costumam ser mais baixos, é que posso comprar do meu quarto, tomando cafezinho, e alimentando minhas tendências anti-sociais :D

 Costuma receber muitas criticas em relação ao seu estilo? 
 - Meu estilo chama a atenção e já aprendi que, se tem gente que adora, tem gente que acha horrível, e algumas pessoas sempre tem a necessidade de me dizer isso rs. E é mais do que normal, gosto de gente com opinião, mesmo que seja uma contraria a minha. O que não gosto é de gente malvada e falta de respeito, sabe? Mas já estou acostumada com gente me olhando na rua e estou numa fase em que nem ligo mais... E conforme você vai ficando mais velha, vai percebendo que não é porque você usa uma calça laranja com um top verde limão que você não é uma pessoa boa, sabe? E o que vou dizer a seguir vai parecer estranho vindo de uma blogueira de moda: mas são só roupas gente, não mudam o que você é por dentro! O que você usa, de alguma forma, te completa e te torna mais autêntica, isso sim, com certeza! Mas gosto de ter em mente que a vida já é muito complicada para me preocupar com mais uma outra coisa. Prefiro me divertir com as minhas roupas e deixar o resto pra lá, sabe? 




 Tem algum ícone de inspiração? 
- Tenho tantoosss!! Sempre digo que a Angela, do blog Madame de Rosa, é minha maior inspiração! Mas também gosto de estilos completamente diferentes, como o da Violet E. – que tem inclusive um estilo de blogar super único – ou da Lina, ou mesmo da Glena, que não é só uma inspiração para mim, mas também uma amiga, ou a Clarinha, do Zebra Trash, outra amiga querida!! É tanta gente que acho que não vou lembrar de todo mundo rs 




Passando ao seu cabelo. Quais os maiores cuidados? 
- cabelos descoloridos em geral dão muito trabalho, mas o que funciona para mim é usar uma máscara da Kert com pigmentação azul toda vez que lavo os cabelos (é uma máscara super baratinha e que deixa a tonalidade do cabelo linda!), e pelo menos uma vez por semana tento fazer uma hidratação com uma máscara ácida e repositora de massa (gosto muito da Avlon e adoro Alfaparf!), para selar as pontinhas bem danificadas. Também retoco a minha überliss –a progressiva da avlon, sem formol –uma vez a cada 3 meses mais ou menos, e ela é ótima repositora de massa também e é super hidratante!




 Alguma vez já fez algo no seu cabelo, que não gostou? 
- tantas vezes! Já cortei o cabelo Joãozinho quando era novinha, e eu fiquei parecendo um menininho, odiei!! Depois eu quis ficar loira e a cabeleireira louca queimou minha cabeça todinha com descolorante e fiquei com o cabelo amarelo ovo! Foi terrível!! Aí, depois dessa, decidi fazer um curso de cabeleireira e agora faço tudo sozinha ;) 

 Que tipo de maquiagem costuma usar diariamente? 
 - base matte, contorno, rímel e batom. Tudo nude, tudo delicado. Essa minha rotina de 10 minutos, que é só o que tenho por dia para me arrumar. Quando tenho mais um tempinho, faço uma make mais elaborada, com olhão, bocão, cílios enormes, e aí posso me divertir mais!! 




 Quanto as unhas, quais são seus cuidados especiais? 
 - tento fazer as unhas uma vez por semana, e isso desde que era bem novinha. Eu via as unhas da minha vó, grandonas e lindas, e eu dizia que queria unhas iguais as dela! Mas não tenho paciência para ir fazer com uma manicure –aliás, nunca tive - e eu mesma faço tudo: sento na frente do computador, assisto alguma série legal e vou pintando as unhas, ou vou encher minha irmã para fazermos as unhas juntas e assistir let’s players do youtube. Mas uso sempre um redutor de cutículas da pharmacus e uma base fortalecedora da Professional Solutions, dois produtos que adoro! 




 Com relação ao teu corpo, pele, quais cuidados você tem? 
 - Sou a pessoa mais preguiçosa que existe no planeta para cuidar da pele. Passo os creminhos do rosto que o dermatologista dá mais porque sou compulsiva do que por outra coisa. Mas tento fazer exercícios todos os dias (e uso o programa de 15 minutos diários de exercícios intensos do Bodyrock.tv, que aliás, é ótimo e funciona!), mesmo porque preciso dar uma desligada na cabeça, sabe? E também porque tenho síndrome patelo-femural (chique né?!) no joelho direito e tenho que ficar em forma senão travo rs 



 Quais são os lugares que costuma frequentar? Por que? 
 - Sou uma pessoa meio anti-social e com pouco tempo, então fico muito em casa e as pessoas costumam vir aqui para me ver :) Mas quando saio gosto de ir ao cinema, ou ir tomar café com os amigos, coisas bem tranquilas assim, sabe? Não sou tão loucona quanto as pessoas pensam rs 

 Qual é a sua ocupação? 
- Sou historiadora, tentando terminar meu mestrado em história dos encontros culturais, e estudo o processo de tradução cultural e linguístico no século XVII, e sou também blogueira –uma ocupação que, aliás, muita gente acha que é brincadeira e não se dá conta da quantidade de trabalho e criatividade que isso envolve... 





 Tem algum Hobbie? Se sim, qual? 
- Gosto muito de ler, esta é uma das minhas paixões. Quando tudo na minha vida perece errado, pego um livro e passo o dia lendo e isso me acalma como nada mais consegue. Amo música também, e amo dançar e cantar, e estas são outras coisas que tento fazer sempre que tenho um tempinho. E o blog, é claro! Mesmo que ele seja um trabalho, para mim continua sendo um hobby: amo tirar fotos, criar maquiagens, escrever posts!! 

 Quais os planos para o futuro? 
- Pergunta difícil! Não sei bem se tenho planos. Tenho algumas ideias, mas para ser bem sincera, estou numa fase em que estou bem perdida, sabe? Minha vida toda achei que seguiria a vida acadêmica, mas não sei mais se isso me completa tanto quanto antes. Conclusão: não sei o que fazer da vida rs 




 Tem alguma dica para os leitores que querem ter um estilo próprio mas sente vergonha ou tem medo das criticas? 
 - Acho que o medo das críticas vem, primeiro, de uma dificuldade de aceitação de si mesmo, sabe? E é por isso que quando as pessoas te falam alguma coisa ruim à respeito do que você usa, aquilo dói tanto. Mas o que a gente tem que perceber é que, como diz um amigo meu, na grande escala das coisas, se você usar shorts ou saia e se alguém disser que está feio, o que isso vai mudar na sua vida? Você tem 3 opções a partir daí, e nenhuma delas altera o seu caráter: Está feio e pronto, mas você quer usar do mesmo jeito. Então usa :D Se você acha que ficou feio mesmo, ouve os comentários e troca de roupa, porque a gente pode sempre crescer quando ouve críticas. Ou 3, se você gostou, usa e pronto! A sua opinião não vale menos do que a da pessoa que não gostou, e esse é o ponto chave: a gente sempre acha que vale menos do que os outros, que o que a gente pensa é mais bobo, ou ainda –e já pensei isso tantas vezes e ainda penso –que a gente nunca vai conseguir chegar lá, seja lá onde isso for. Mas a gente tem que se aceitar: não dá para lutar todos os dias contra quem você é, sabe? A gente pode, é claro, melhorar e se esforçar, mas nunca ser outra pessoa. E cada um é especial do seu próprio jeito. E não estou aqui fazendo um discurso de auto-ajuda, estou sendo muito prática: eu sei que, quando eu olhar para trás, vou querer dizer que eu me diverti, que usei as roupas que eu queria e que me orgulho da pessoa que eu me tornei. Além disso, vou ter altas histórias para contar de quando eu usei aquelas roupas e fizeram um comentário na rua, ou de quando eu tropecei na rua de hellbounds, ou mesmo quando meu vestido levantou na Paulista. Não vou querer me lembrar de como fui abandonando tudo o que eu era por causa da opinião de outras pessoas que, muitas vezes, nem te conhecem, nem sabem da sua vida e nem pagam as suas contas! Quero meus tropeços, meus erros e minhas combinações estranhas. E sabe o que é mais engraçado? Meus amigos nem ligam. E pior: ainda olham feito para quem solta um comentário malvado sobre o que eu estou usando. E amo todos eles por isso :D




Além de linda é um amor de pessoa. Muito obrigada de coração por dar essa entrevista maravilhosa para o Closet Mágico.
Beijos e até a próxima. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...